fiama-metas-20162

Quando desejamos muito alguma coisa, o que fazemos para aquilo se tornar realidade? 

Abrimos mão de outros caminhos e vamos em direção ao que nosso coração vê? Ou simplesmente nadamos na direção contrária do que os caminhos nos proporcionam?
Não há resposta, não há direção certa ou um momento certo para que sua mente pare de sonhar e seu corpo viva a realidade da tão sonhada conquista.

O que eu quero para 2016? Apenas realizar! Fazer acontecer, me organizar, criar uma nova rotina para meus desejos, um novo planejamento para uma nova fase da minha vida.

Minha conquista não está longe, eu já conquistei muito, agora eu preciso focar nas metas e sonhar acordada, fazendo meu sonho se tornar real todos os dias, vivendo a incansável conquista e credita-la como uma conquista não só do ano, mas sim da vida.

Eu sinto que posso chegar lá, mas as vezes eu penso “Por que eu batalho tanto e ainda não consegui isso?” Mas Deus me responde com outra pergunta “Você estava preparada para esse desafio?” E quando eu olho pra trás e vejo que se eu já tivesse realizado meus atuais sonhos, talvez eu não tivesse aproveitado tão bem porque eu não tinha a maturidade ou a experiência necessária para tal.

Por isso eu quero que esse ano comece com mais empolgação, com mais organização, com mais perguntas, com mais amor, com mais energia e que eu possa aplicar meus conhecimentos para realizar meus atuais sonhos.

Bem-vindo 2016!

Compartilhar
aprender-a-dizer-nao

Com medo de arriscar? Com medo da resposta? Com medo do que os outros vão pensar? Com medo de dizer o que pensa e fazer o que tem vontade?

Não mais.

Aqui vai meu sincero sentimento sobre a sua felicidade: DIGA NÃO.

De um tempo pra cá cansei de ser tão certinha, na verdade nem é essa a palavra correta pra definir o que muitas vezes eu fiz comigo: me colocando em segundo plano. Por muito tempo pensei: Nossa, mas o que eles irão pensar? Será que vai ficar chato se eu não fizer tal coisa? Eu não curto aquilo, mas alguém quer que eu faça então vou fazer pra não ficar chato.

Descobri que colocar a minha felicidade em primeiro plano me faz mais confiante e  sincera com meus sentimentos. Por isso eu decidi a mim mesma: PRECISO PRATICAR O NÃO!

1) NÃO FIQUE COM A PULGA ATRÁS DA ORELHA!
Se em determinada situação você ficou com uma pulga atrás da orelha, não deixe ela coçar, mate essa pulguinha com o não! Para de ficar se enganando, não deixe aquele telefonema chato postergar… Assuma, você não tem nenhum interesse naquele produto, você apenas não quer, não está afim e não está precisando. Não, não estou interessada, muito obrigada. E aí, doeu?

2) ACEITE O SEU NÃO!
Tadinho? Tadin de você que iria virar a madrugada fazendo algo que nem é pra você ou pra uma pessoa que você ama. Entenda, existem pessoas que se dizem “amigas” e dramatizam quando é hora de colocar a mão na massa. O discurso?  Tô sem tempo pra fazer isso.  Mas acredite, tempo é o que não falta! Cuidado com as cobrinhas da vida, ok?

3) ESQUEÇA O ASSUNTO!
Nada de remoer! Não existe um meio termo, você tem a sua decisão tomada e aquele sim faria mal a você, acredite.

4) É 8 OU 80!
TALVEZ é o que você disse mas o que você queria dizer era um NÃO! Pode parar de se enganar, diga não logo, não sofra em parcelas. Sei que é difícil, mas pode acreditar, com o tempo você irá entender que o NÃO faz parte da sua felicidade.

Não digo que não devemos acreditar nas pessoas, mas sim que devemos saber: dizer sim pode parecer bom, mas esse sim não pode passar por cima de você. Você queria dizer não e disse sim excluindo a sí mesmo dessa decisão. Não tem nada haver com individualismo, egoísmo ou algo do gênero, mas sim em justificar pra você mesmo o por quê daquele NÃO existir.

Cansei de sofrer em parcelas, quero amar todos meus dias e não sofrer no credito. Nada de parcelar a decisão, mas colocar tudo no débito e revelar que a minha confiança também tem o poder do não.

#AprendendoDizerNão #SemMedodeSerFeliz

Compartilhar
fiamadstqtexto

Ah vai, ninguém é de pedra, chega uma hora que você sente que as coisas precisam mudar ou realmente estão mudando, sem que você force nada. A parte mais legal da mudança é quando você percebe a evolução em sua postura, seja ela uma evolução específica ou  conjunta na sua vida: profissional, pessoal e dos seus sonhos.

A fase de planejar e suar a camisa é um sentimento que vem do peito, é aquela garra que você desconhecia a tamanha força e, justamente essa potência que colocamos a frente dos nossos objetivos faz com que cada momento se torne especial e único.

Quando me perguntam: como você consegue fazer tanta coisa? Eu penso comigo mesma, pois é.. É loucura né? Talvez seja, mas e dai? É a “loucura” que dá aquela dose de adrenalina, o combustível para o novo, a felicidade constante, a segurança de saber que você está buscando o melhor, o seu melhor, realizar o seu sonho de agora.

Meu visual pede mudanças, meus hábitos também, mas tudo tem o seu tempo e o tempo de agora é a batalha para o novo, para os sonhos, para a vida.

Respirando fundo, sentindo um momento e a mente com novas perspectivas. A lição? Se tudo tem o seu tempo, faça desse tempo ser especial e, por mais estranho que seja, aproveite esse tempo pois esse trará lembranças das suas conquistas e fará parte da sua história.

A vida nos reserva espaço pra acreditar em tudo e fazer acontecer o nosso tudo é nossa grande missão. 

Compartilhar